Segregação Imposta no Contexto Da
dinâmica Sócio-espacial da Cidade
de Vitória (es):o Caso de Mangue Seco Andorinhas.

Nome: Aldo Rezende
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 30/08/2012
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Luis Carlos Tosta dos Reis Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Carlos Teixeira de Campos Júnior Examinador Interno
Luis Carlos Tosta dos Reis Orientador

Resumo: O trabalho problematiza o significado dos canais construídos pelo Departamento Nacional de Obras de Saneamento (DNOS) nas várzeas do Riacho, iniciados no decênio de 1960, entre os municípios de Aracruz e Linhares.

Com base na perspectiva teórica de Milton Santos, que permite assimilar a noção de Técnica enquanto recurso epistemológico para análise e interpretação do espaço geográfico, buscou-se compreender o processo de materialização dos canais enquanto obra de engenharia, configurando-se como estudo de caso do processo de materialização da constituição técnico-científica da configuração territorial capixaba, decorrente do período modernização do Espírito Santo.

O trabalho permite, ainda, compreender a inflexão sobre o uso original dos canais, concebidos inicialmente para a promoção de áreas voltadas para a produção agrícola modernizada e que, atualmente, encontram-se sob controle da Aracruz Celulose (atual Fibria), causando consideráveis impactos sobre a sociedade local.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910